Caixa vai instalar protetores de acrílico nas agências

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Compartilhe em sua rede social

Após cobrança do movimento sindical bancário, a direção da Caixa Econômica Federal anunciou mais um avanço na segurança dos trabalhadores contra o coronavírus: irá implantar protetores de acrílico nas agências. Segundo o banco, até dia 20 de abril eles serão instalados em 1.600 agências, e todas as unidades do banco público terão protetores até 5 de maio.

A Comissão Executiva dos Empregados da Caixa (CEE/Caixa) também cobrou e o banco anunciou que já começou a entrega de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) como máscaras e álcool gel, que são fundamentais para quem atende ao público e são recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como medidas de proteção contra o coronavírus.

“Apesar do atraso e de verbas insuficientes, principalmente para as grandes agências, e do fato de que muitos gerentes gerais não estão conseguindo encontrar material, é um pequeno avanço. A Caixa tem obrigação de garantir os materiais aos empregados nas unidades, e os trabalhadores de agências que não forem contemplados até a próxima sexta-feira 10 devem nos procurar”, orienta Dionisio Reis, coordenador da CEE/Caixa e diretor executivo do Sindicato dos Bancários de São Paulo.

Dionísio também reitera que, durante a pandemia, o movimento sindical tem cobrado a suspensão do processo de reestruturação da Caixa, dos descomissionamentos, das metas, dos processos seletivos (PSIs) e a interrupção dos prazos processuais internos.

Reprodução: SPbancarios, com informações da Contraf-CUT

Outras Notícias