Caso de Covid-19 no Bradesco Ag. 1703 Dom José Marcondes ativa protocolo da Fenaban com a Executiva dos Bancários.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Compartilhe em sua rede social

O Sindicato dos Bancários de Rio Preto está acompanhando os protocolos adotados pelo Bradesco após confirmação de um caso positivo de Covid-19 em funcionário da agência 1703 Dom José Marcondes.

Em contato com área de relações sindicais do banco, o presidente do Sindicato, Aparecido Roveroni, cobrou a imediata aplicação dos protocolos estabelecidos entre o Comando Nacional dos Bancários e a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos).

Nesta quarta-feira(27), os diretores Hilário Ruiz, Daniel Vitolo e Darci Barros foram até a agência para monitorar o cumprimento das medidas de segurança.

“A agência ficou fechada na terça-feira(26) onde passou pela assepsia e higienização, o que habilitou sua abertura nesta quarta-feira(27). Apenas os funcionários que não tiveram contato com o quadro funcional da semana passada puderam retomar as atividades. Funcionários que estavam de férias e de outras agências também foram convocados” disse Hilário Ruiz, vice-presidente regional do Sindicato.

De acordo com Daniel Vitolo, diretor do Sindicato, “Todos os funcionários que tiveram contato com o quadro da semana passada foram afastados conforme determina o protocolo, estamos monitorando a situação de perto, conversando com os bancários e cobrando ações para garantir a segurança de todos”.

“Os bancários devem acionar imediatamente o Sindicato ao constatar casos suspeitos ou positivos de Covid-19. A implantação dos protocolos são essenciais para garantir a segurança dos funcionários e devem ser adotados o quanto antes” ressaltou Darci Barros, diretor do Sindicato.

Outras Notícias