Retrospectiva 2020 – Categoria bancária soube se mobilizar para conquistar e defender seus direitos

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Compartilhe em sua rede social

Chegamos ao fim de um ano muito difícil, onde a categoria bancária soube se mobilizar para conquistar e defender seus direitos. Mesmo com algumas perdas, a categoria impediu grandes retrocessos, principalmente na campanha salarial e nos momentos mais críticos da pandemia da Covid-19.

Além do vírus, a categoria enfrentou a falta de reconhecimento e o descaso por parte dos banqueiros que mesmo obtendo altos lucros na pandemia, só pensavam em promover o desemprego e a retirada de direitos.

O sindicato não se calou, enfrentou e combateu as pautas contrárias aos trabalhadores, promovendo diversas ações e protestos envolvendo os bancários e a sociedade. Lutou contra o desmonte nos bancos públicos, contra as demissões no Santander, Bradesco, Itaú, Mercantil, Banco do Brasil, Caixa e outros.

“Sem dúvidas foi um ano de muitas dificuldades, e mesmo assim acredito que a categoria bancária foi a que mais teve avanços neste ano. Mais uma vez os bancários e bancárias mostraram garra, força, união e principalmente, coragem, atuando na linha de frente e proporcionando atendimento a milhões de brasileiros em um momento crítico de pandemia. Temos orgulho em representar trabalhadores de coragem, essenciais ao país”, disse o presidente do Sindicato, Aparecido Roveroni.

“A mobilização da categoria, seja de forma presencial nas ações realizadas pelo sindicato nas agências como nas redes sociais, foram fundamentais para impedir um grande retrocesso e avançar na garantia de direitos para os bancários. Isso ficou claro principalmente na Campanha Salarial deste ano” disse Hilário Ruiz, vice-diretor regional do Sindicato.

“Mesmo durante a pandemia, o Sindicato sempre esteve presente na porta das agências e dentro dos estabelecimentos bancários, protestando contra as demissões e retiradas de direitos, fiscalizando e cobrando aplicação dos protocolos de segurança contra a Covid-19. O Sindicato e seus diretores sempre estarão prontos para defender os direitos dos bancários e representar a categoria com dedicação”, destacou Daniel Vitolo, diretor do Sindicato.

Retrospectiva 2020

Ao longo de 2020, o Sindicato realizou inúmeras ações de relevância para a categoria bancária, e para relembrar reunimos algumas delas.

Logo no início do ano, o Sindicato se reuniu e cobrou esclarecimentos da Caixa sobre a reestruturação e extinção da superintendência regional de Rio Preto.

Esteve também reunido com prefeito de Rio Preto mostrando os prejuízos que poderiam ocorrer com o fechamento da superintendência regional da Caixa na cidade.

Seguindo ações do comando nacional, o Sindicato de Rio Preto também promoveu ações no Dia Nacional de Luta contra reestruturação do Banco do Brasil.

Paralisações e reuniões em agências da Caixa contra reestruturação também foram promovidas pelo Sindicato.

Fortalecendo o Sindicato e ampliando a representatividade, diretores de Rio Preto foram eleitos dirigentes da Federação dos Bancários SP/MS.

O Sindicato buscou e conseguiu apoio das Câmaras Municipais de Rio Preto e Olímpia para aprovação de moção de apoio aos bancos públicos.

Sempre buscando o bem-estar dos bancários, o Sindicato realizou diversas ações de fiscalizações em 2020, dentre elas, no Bradesco, onde funcionários do Banco estavam expostos à condições insalubres no projeto “fidelize”.

O problema foi levado ao conhecimento do prefeito que interveio na busca de soluções.

Já no período de pandemia, o Sindicato esteve presente por diversas vezes nas agências do Santander fiscalizando e cobrando o cumprimento dos protocolos de segurança contra a Covid-19.

Foram mais de 30 diligências em diversas agências de cidades da região, dentre elas: Olímpia, Rio Preto, Mirassol, Guapiaçu, Bady Bassitt e outras cidades.

Com objetivo de organizar o grande fluxo de pessoas que buscavam atendimento na Caixa Econômica Federal de Olímpia durante o período de pandemia, o Sindicato intermediou junto a prefeitura da cidade, instalação de tenda para proporcionar mais dignidade aos usuários e segurança aos bancários.

Visando contribuir com a sociedade no momento de pandemia, o Sindicato também promoveu a campanha “Bancário Solidário”, que arrecadou alimentos da cesta básica e itens de higiene pessoal nas agências de Olímpia.

O Sindicato também contribuiu para construção da pauta da Campanha Nacional dos Bancários 2020.

Diretores do Sindicato participaram da Conferência Nacional dos Bancários.

Sindicato entrega manifesto contra retorno de funcionários do BB que coabitam com pessoas do grupo de risco.

Contra as demissões, o Sindicato realizou reuniões com a regional do Bradesco e solicitou garantias na manutenção dos empregos dos colegas bancários após anúncio do fechamento de duas agências na cidade de Rio Preto.

Contra as condições insalubres, diretores do Sindicato estiveram na agência do BB na cidade de Nhandeara e cobraram melhorias nas condições de trabalho.

Ainda contra as demissões, o Sindicato promoveu ações e protestos nas agências do Bradesco e Banco Mercantil do Brasil em Rio Preto.

Além das ações de resistência na defesa dos direitos dos bancários, o Sindicato manteve e conseguiu ampliar as parcerias que proporcionam benefícios aos seus associados. Hoje, com apresentação da carteirinha, o bancário tem direito a descontos no comércio e instituições de ensino. Veja mais

Em 2021 nossa luta continua, teremos grandes desafios pela frente. Juntos, continuaremos resistindo e lutando contra o retrocesso.

O Sindicato dos Bancários de Rio Preto e Região deseja a todos bancários e bancárias um feliz ano novo!

Outras Notícias

Assembleia geral extraordinária com os funcionários do Banco do Brasil para avaliar a proposta de paralisação das atividades no dia 29/1. Período de votação: Dia 25/01/2021 das 8h às 18h.