Sindicatos apresentam proposta para renovação do programa de bolsa educação para o período 2021/2022

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Compartilhe em sua rede social

Os Sindicatos dos Bancários através da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro – CONTRAF/Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul, em consonância ao debate realizado pelos (as) representantes das federações, organizados (as) na Comissão de Organização dos Funcionários do Banco Itaú-Unibanco – COE/Itaú-Unibanco, apresentou, no dia 08 de dezembro de 2020, uma proposta para renovação do programa de bolsa educação para o período 2021/2022.

Durante a reunião entre os membros da COE/Itaú-Unibanco e os representantes da direção do banco, realizada em formato eletrônico no dia 08 de dezembro de 2020, e após debate e questionamentos, foi considerada a necessidade de ampliação do número de bolsas concedidas e a correção dos valores mensais praticados, que se justificam em função da demanda e custos verificados no último período.

Após avaliação do programa pelos membros da COE/Itaú-Unibanco, foi apresentada a seguinte proposta:

A proposta se baseia no número de inscritos ao programa no último ano, em torno de 10.000 candidatos (as), entre os funcionários do Banco Itaú-Unibanco, inclusive PCD, e de outras empresas não bancárias da holding.

Quanto aos valores praticados, constatou-se a necessidade de reajuste para o ano de 2021, haja vista o crescimento dos custos mensais assumidos pelos (as) trabalhadores (as).

Desta forma, frente aos argumentos apresentados, os membros da COE/Itaú-Unibanco formalizaram tal proposta e aguardam a confirmação de agendamento de nova rodada de negociações para prosseguimento das tratativas necessárias

Outras Notícias

Assembleia geral extraordinária com os funcionários do Banco do Brasil para avaliar a proposta de paralisação das atividades no dia 29/1. Período de votação: Dia 25/01/2021 das 8h às 18h.